paulomarginal

Vodu

Posted in Hip Hop by paulomarginal on julho 24, 2009

Os grooves provenientes do oeste africano são, na maioria da vezes, muito viajantes. Não digo isso de forma pejorativa, a influência do funk americano ofereceu um caminho para que esses músicos liberassem sua criatividade regional. Tudo muito original, com produções meio caseiras mas muito, muito cheias de soul. Não se limitem ao excelente Fela Kuti, tem muita música africana que merece atenção. Hoje vamos ouvir um pouco de Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou, pura doidera africana.

Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou – Se Tche We Djo Mon

No final de 2008, o selo Analog Africa montou uma compilação de 2 volumes da banda. A compilação, chamada The Voudon Effect junta material de ’72 a ’75 e é recheada de Sato e Sakpata, estilos com raízes tribais mas graças ao estilo da Orchestre Poly-Rythmo são extremamente funkeados. O lance é tão funkeado que serviu como sample principal para um remix de um single do Percee P feito pelo genial Cut Chemist. Aliás, o remix, na minha opinião, supera o original do Madlib.

Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou – Iya Me Dji Ki Bi Ni

Percee P – Throwback Rap Attack (Lucasflippedaonesidedtapehefoundin1987intostereo Remix)

Tagged with: , , , , ,

Singles ’94 (parte 10) – Beastie Boys

Posted in Hip Hop by paulomarginal on julho 24, 2009

A recente notícia sobre a doença de Adam Yauch obviamente me pegou de surpresa, mas não é um assunto que pretendo discutir no blog. Quero falar de Sure Shot, o single que usou o saboroso loop de flauta da música Howling for Judy de Jeremy Steig. A versão original é clássica, mas Sure Shot é uma das muitas músicas dos Beatsies que recebeu o tratamento de outros produtores. A versão remasterizada de Ill Communication, que acabou de ser lançada, conta com o remix do Prunes, mas infelizmente não incluiram o enigmático Dee Nastyle Remix, nem a versão enxuta do Mario C, nem os remixes do Large Professor e do Mike Nardone. Aproveitem o divertido clipe de Spike Jonze.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Never ever ever am I eatin’ fuckin’ pork.

Beastie Boys – Sure Shot (Large Professor Remix)

Singles ’94 (parte 7) – Black Moon

Posted in Hip Hop by paulomarginal on maio 19, 2009

Black Moon faz parte da lista de favoritos da maioria dos fãs de hip hop e com razão. Seu primeiro álbum, Enta da Stage, foi lançado em ’93 e produziu 4 singles memoráveis (Who Got The Props, How Many Emcees, I Got Cha Opin e Buck Em Down). Buckshot, 5ft e DJ Evil Dee com a ajuda de Mr. Walt do Beatminerz montaram o que é hoje em dia considerado um clássico. Os clipes abaixo sao remixes das versões originais encontradas no LP de ’93 e os samples são “cortesia” do Barry White, Donald Byrd e Lafayette Afro Rock Band.

Barry White – Playing Your Game, Baby

Donald Byrd – Wind Parade

Lafayette Afro Rock Band – Hihache

Singles ‘94 (parte 5) – The Wascals

Posted in Hip Hop by paulomarginal on abril 1, 2009

Os Wascals não lançaram seu primeiro LP em ’94 como programado, mas isso não os impediu de lançar alguns singles que tiveram boa repercussão. Até hoje são feitas comparações com o Pharcyde, mas as semelhanças vão além das rimas e atitude levemente demente. J-Swift era produtor dos dois grupos e isso contribuiu para melhorar a reputação desse quarteto que só lançou seu LP em 2007 com o nome Greatest Hits. Fora Class Clown, outro clipe foi gravado pra música The Dips, mas o remix usado nunca me agradou.


*The Wascals – Greatest Hits

Singles ’94 (parte 3) – Channel Live

Posted in Hip Hop by paulomarginal on março 21, 2009

Essa missão de escolher singles está ficando complicada. Tenho opções óbvias e conhecidas como Mass Appeal do  Gang Starr ou It Ain’t Hard To Tell do Nas, mas vou continuar trilhando um caminho mais paulomarginal. Seguindo essa linha apresento o Channel Live que em ’94 lançou Mad Izm com a participação e produção do KRS-One. Parada classuda, com aquela estética mais sinistra que ilustra a mudança por qual o hip hop estava passando no meio dos anos 90.

Pra finalizar, o remix do Buckwild, figura que apareceu no último post da série Singles ’94.

Channel Live – Mad Izm feat. KRS-One (Original Buckwild Remix)

Dias Escuros

Posted in Hip Hop by paulomarginal on março 12, 2009

Formado pelos produtores dinamarqueses Peder, Christian Buksti e Simon Bonde o grupo The Prunes ficou conhecido pelos remixes que fizeram para os Beastie Boys. Esta história começou depois dos caras mexerem com a versão A Capella de Sure Shot. Os Beatsies gostaram tanto do que ouviram que resolveram incluir o remix no single, com o nome de European B-Boy Remix. A parceria continuou e eles acabaram remixando Root Down, Pass the Mic e Putting Shame in Your Game. Ainda nos anos 90, conseguiram um espaço no excelente selo Mo’Wax, onde tiveram a oportunidade de criar outro remix, dessa vez para o conhecido DJ Krush. Os três continuaram gravando até meados de 2000, mas antes de se dissolverem lançaram alguns singles, um EP e LP e trabalharam com várias figuras como 7L & Esoteric, Shabazz the Disciple, Freestyle dos Arsonists, Z-Trip, Blue Foundation e DJ Vadim.

Beastie Boys – Root Down (Free Zone Remix)

God Complex – Global Networking feat. Virtuoso & Mr. Lif

DJ Krush – Meiso feat. Black Thought & Malik B. (The Real Version Remix)

The Prunes – Rockin’ The Mic feat. Freestyle (Remix)

Tagged with: , ,

Singles ’94 (parte 2) – Organized Konfusion

Posted in Hip Hop by paulomarginal on março 11, 2009

Continuando a nossa viagem, chegou a hora de Stress do Organized Konfusion. Esse single do segundo LP da dupla formada por Prince Po e Pharoahe Monch foi produzido pelo Buckwild, produtor que merece mais atenção daqueles que seguem o gênero. Para quem procura uma versão menos pesada, o Large Pro produziu e participou do remix. Sou fã do cara, então completo o post com essa faixa.

Entrevista de 1995 na revista Ego Trip com Buckwild, cortesia do excelente blog Press Rewind If I Haven’t…

parte 1, parte 2

Organized Konfusion – Stress feat. Large Professor (Extra P Remix)